Celebridades, televisão, cinema, música e mais

Ex-The Voice Dhi Ribeiro se apresenta no Samba de Bamba Brasília no dia 10/01

Depois de brilhar no palco do The Voice Brasil, a sambista Dhi Ribeiro encerra a temporada 2017 do projeto Samba de Bamba Brasília na quarta-feira, 10 de janeiro, às 20 horas, na Caixa Cultural. Seu repertório tem como referências Maria Bethânia, Gal Costa, Alcione, Clara Nunes, Eliana Pitman e Zezé Motta.

Mais informações sobre Dhi Ribeiro: https://globoplay.globo.com/v/6165485/

Serviço: Samba de Bamba – Dhi Ribeiro
Quando: Dia 10 de janeiro de 2018, quarta-feira, às 20 horas
Onde: Teatro da CAIXA (SBS Quadra 4 Lotes 3 e 4 – Edifício anexo à matriz da Caixa)
Duração: 90 minutos
Ingressos: R$20 e R$10 (meia entrada) Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e assinantes do Correio Braziliense.
Lotação: 406 lugares
Funcionamento da Bilheteria: 13h às 21h (ter a sex; e dom); 9h às 21h (sáb).
Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos.

Nascida no Rio de Janeiro, criada em Salvador e estabelecida em Brasília, essa é Dhi Ribeiro, que traz em suas veias o mais tradicional samba carioca, o axé e a cultura da Bahia e a diversidade cultural e musical tão típicas da mistura brasiliense. Uma mulher de muitos caminhos, de memoráveis interpretações e de uma voz inconfundível, que traz em seu DNA a tradição do afoxé e dos Filhos de Gandhi de seu avô exaltando suas raízes africanas.

Estreia no meio musical recebendo o prêmio de Cantora Revelação do Carnaval de Salvador em 1993. Convidada, passou quatro anos na Itália como cantora e mestre de cerimônias do tradicional “Circo di Lidia Togni – Un Spettacolo Italiano”, percorrendo centenas de cidades europeias mostrando a grandiosidade e riqueza da música brasileira.

De volta ao Brasil dedica-se exclusivamente à carreira solo, lançando, em 2009, pela Universal Music, o CD “Manual da Mulher”, que teve a música “Para Uso Exclusivo da Casa” executada em rádios e TVs por todo o país, estabelecendo assim seu nome nacionalmente. Essa música fez parte da trilha sonora da novela “Lado a Lado”, exibida pela Rede Globo em 2012 e ganhadora do Prêmio Emmy Internacional em 2013, considerado o Oscar da TV mundial. Também esteve na trilha sonora da novela “Tempos Modernos”, exibida pela Rede Globo em 2009, com a música Aula de Matemática, de Tom Jobim e Marino Pinto.

Em 2012, numa justa homenagem, recebeu o título de “Cidadã Honorária de Brasília”, outorgado pela Câmara Legislativa, que entregou essa condecoração no Dia Nacional do Samba.

Criou, em Brasília, o projeto “Roda Dhi Samba”, que promoveu o encontro de grandes sambistas em torno de um grande homenageado. Em sua primeira edição foi homenageada a grande dama do samba Dona Ivone Lara, que também contou com as presenças de Diogo Nogueira e Jorge Aragão,em 2010. Em 2016 trabalhou como cantora e apresentadora no Evento Show Musical na Chegada da Tocha Olímpica em Brasilia.

Samba de Bamba

O curador e coordenador geral do projeto Samba de Bamba, Rodrigo Browne, comemora o sucesso da quarta edição do projeto em Brasília. “Mais uma vez tivemos oportunidade de apresentar artistas que fazem parte de uma nova geração do samba e renovam o gênero com muita qualidade. Além disso, com esse projeto a Caixa Cultural possibilita ao público, com o acesso a esses artistas, uma importante democratização da nossa cultura”, considera.

Browne lembra que durante o ano todos os convidados do projeto mostraram na Caixa Cultural o autêntico samba brasileiro com seus vários sotaques. “O samba é o gênero brasileiro que agrega intérpretes maravilhosos em cada canto do país. Em 2017 apresentamos as várias vertentes do samba com representantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais… e todos com o compromisso de apresentar no repertório composições que respeitam o nosso passado cultural e que, ao mesmo tempo, mostram que é possível renovar com qualidade”, finaliza.

Recomendamos:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.