Ana Flávia, de “Malhação”, relembra racismo: ‘Cabelo de bruxa’

Ela que interpreta a diretora escolar Dóris na trama “Malhação“, Ana Flávia Cavalcanti se mostra ser uma mulher forte e comprometida com a profissão. Aos 35 anos, a atriz contou ao portal Purepeople que mantem o corpo sequinho moderando nas bobagens.”Não sou muito grilada com academia, mas procuro cuidar do corpo, até porque não sou mais nenhuma menininha. Eu pratico yoga e faço treino funcional três vezes por semana. Além disso, por questão genética, tenho colesterol alto. Prefiro comer alimentos que eu mesma cozinho e que em maior parte são orgânicos. O bom é que eu não sou muito louca por chocolate, nem doce. Eu adoro cerveja, mas mesmo assim controlo o consumo porque sei que pode deixar aquela barriguinha saliente”, esclarece a atriz.

Orgulhosa de sua aparência, Ana Flávia contou ao portal que assumiu os fios crespos quando era adolescente, após sofrer com alisamentos.  “Aos 15 anos, alisei os fios pela primeira e última vez. Dois dias depois meu cabelo caiu em vários pedaços. Então eu cortei todo para deixar crescer natural e a partir daí nunca mais alisei.” Neste mesmo período, ela lembra que foi vítima de um episódio de racismo. “Quando morava em Atibaia, interior de São Paulo, teve uma festa de Halloween e um amigo meu falou que eu deveria ir de bruxa porque o meu cabelo já era de bruxa. Resolvi ir sim, para mostrar a força da minha beleza natural, e o meu visual fez o maior sucesso. Todo mundo gostou”, conta.

Recomendamos:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.