Xande Valois, Mari Cardoso e Rafa Mezzadri estrelam peça no Rio

Atores estrelam musical "Vamp" no Rio de Janeiro.

 

Hoje em dia, é quase impossível não reconhecer esse trio: Xande Valois, Mari Cardoso e Rafa Mezzadri.

Porém, esse ano, eles vieram com tudo e pularam das telinhas para cima do placo, e estão ansiosos para encantar vocês no mais novo musical do trio: “Vamp”, que está até junho no Teatro Riachuelo, e leva do elenco também, os nomes de Ney Latorraca, Claudia Ohana, Claudia Netto, Erika Riba e Evelyn Castro.

Dirigido por Diego Morais, texto de Antônio Calmon e coreografias sensacionais de Alonso Barros, o musical tem tudo para encantar os verdadeiros fãs dessa arte, e se tornar um momento inesquecível para toda a família.

Outra curiosidade, bastante legal, é que o musical foi baseado na novela de mesmo nome.

Nos papéis de Monstrinhos, Isa e Sig, o tria de atores mirins da peça, contam tudo que você precisa saber sobre essa nova história deles e fazem um convite muito especial.

De onde veio a inspiração para a carreira artística?

Xande: Os atores que me inspiram a seguir na carreira são Cauã Reymond, que além de atuar surfa como eu, também gosto de jiu-jítsu, às vezes dou um treino. E o Bruno Gagliasso que é muito estudioso, e ótimo ator.

Mari: A inspiração para ser artista veio da minha escola e dos meus pais que sempre me incentivaram desde pequena me levando para peças, musicais e ouvindo muita música. Eu sempre participei de peças da escola e shows de talento nos quais ganhei 2! Minha escola incentiva muito o lado artístico. Desde 5 anos faço cursos de teatro como da Cininha de Paula, Tabladinho… fiz também um curso de Teatro Musical em NY.

Paralelo ao curso de teatro também sempre fiz aula de canto, desde 3 anos e piano, desde 5 anos. Comecei a me apresentar em alguns lugares cantando, como na Praia de Ipanema, algumas festas, apresentações de final de ano da escola de dança e até no Rock in rio. Desenvolvi uma grande paixão por música por influência dos meus pais que tinham costume de ouvir música quando estão em casa, e no carro, em especial Elis Regina, MPB e Bossa Nova, sem falar da minha avó, que também já foi cantora.

Em 2016 participei do The voice Kids. Desenvolvi um canal no youtube para divulgar minhas músicas, covers e autorais. Hoje meu canal possui mais 40 mil inscritos e mais de 3,5 milhões de visualizações totais.  Além disso também gosto de dançar e faço dança desde 5 anos. Juntando as três coisas descobri também minha paixão pelo teatro musical!

Rafa: Eu tinha uns seis anos quando minha mãe me levou para fazer umas fotos com uma professora de etiquetas da minha irmã, daí ela disse que eu era muito solto e ficava muito à vontade p fotografar. Minha mãe então pensou em me colocar em alguma agência, mas, antes disso ela achava que eu tinha que estar preparado para testes, aí ficou esperando mais um pouco.

Nesse tempo minha Irma estava fazendo um curso de dublagem e eu ia junto com a minha mãe levar e ficava lá sempre esperando. Um dia a professora dela perguntou para minha mãe se eu já estava alfabetizado e se ela não queria me colocar para fazer o curso também. E aí fiz o curso e logo comecei a dublar. Só depois disso fui p agência e comecei a fazer alguns trabalhos de participação. Mas em dublagem eu já sou profissional com vários personagens protagonista no cinema e televisão.

Como está sendo a experiência de vocês em “Vamp”?

Xande: Estou gostando muito. É um grande espetáculo e estar convivendo com grandes profissionais é o aprendizado que eu quero.

Mari: Está sendo um sonho, uma experiência muito boa. Estou honrada de fazer parte da família “Vamp” e trabalhar ao lado desse grande elenco! Fora estar sendo dirigida por Jorge Fernando e Diego Morais!! Agradeço muito por ter tido essa oportunidade! Estou gostando muito!

Rafa: Sim, é uma experiência única!  Estou aprendendo muito e o elenco é super divertido e experiente. Isso me ajudou a entender melhor a história da novela que eu não conhecia e a fazer melhor o meu personagem.

Quais são seus planos para o futuro?

Xande: Estarei na próxima super série das 23h na Globo. Serei Lucas, filho de Alice, Sophie Charlotte.

Mari: Os meus planos para o futuro são fazer mais trabalhos profissionais, estudar bastante teatro, canto e dança. Quero me especializar cada vez mais, sou muito nova tenho muito para aprender.

Rafa: Aprender cada vez mais para ser grande na carreira e fazer sucesso.

Como vocês consideram a relação de vocês com os fãs?

Xande: Converso com os fãs no direct e pessoalmente também, só tenho a agradecer o carinho que recebo deles.

Mari: Eu interajo muito com meus fãs. Acho isso muito importante. Sem os fãs, um artista não é um artista. Os nossos fãs nos dão carinho e apoio. Isso me dá força e inspiração para continuar. Sempre recebo depois dos shows e apresentações todos que desejam tirar fotos ou simplesmente me dar um abraço, adoro esse contato e respondo todas as mensagens de Instagram, face e YouTube.

Rafa: Algumas pessoas na minha escola e outros conhecidos quando sabem que eu fiz algum filme ficam pedindo para eu fazer a voz de algum personagem ou gravar no telefone deles alguma frase famosa e acho isso muito legal e faço com muito carinho e quando sabem que estou no elenco do musical me apresentam para os amigos como o cara da peça, eu gosto muito desse momento.

Como vocês conciliam trabalho, vida social e escola?

Xande: Minha mãe organiza meus horários e sempre me alertou a fazer logo os deveres e coisas da escola para não acumular. Costumo ir direto na pracinha perto da minha casa jogar bola, como qualquer criança.

Mari: Eu sempre consegui conciliar tudo isso. Mesmo as vezes que preciso faltar dou um jeito de pegar as matérias com meus professores. Alguns amigos ficam as vezes chateados com minha ausência, mas passa.

A escola me dá todo suporte, me apoia muito. Procuro não deixar de fazer deveres, faço dever no carro, nos intervalos dos ensaios… Sempre cumpro com toda a minha agenda, consigo fazer as provas e tirar notas boas. Não é fácil, é uma correria, mas com esforço tenho conseguido. Recebo elogio dos meus professores e tiro boas notas.

Rafa: É muita responsabilidade, mas eu vivo como qualquer criança da minha idade, brinco com meus amigos de vídeo game, vou ao shopping, ao Club e faço tudo que gosto e na hora que eu tenho que trabalhar faço o melhor que posso. Acho que estou no caminho certo e gosto dos resultados a cada personagem novo é um aprendizado isso me deixa mais feliz.

Qual a maior dificuldade que vocês têm como ator?

Xande: No nosso país as artes não são muito reconhecidas.

Mari: Ser artista requer uma especialização desde cedo, assim como o esporte. São profissões que precisam de muita dedicação e aprendizado desde cedo. Diferente de profissões tidas como tradicionais, como ser médico, dentista, advogado ou engenheiro. Nessas profissões a criança não precisa desde cedo ter contato e aprender a ser. As vezes as pessoas não entendem essa diferença e acham que a vida de artista é só “glamour” (risos).

As vezes os amigos não entendem muito a ausência na vida social. Também não são todas as escolas, todos os adultos que apoiam essa escolha e isso acaba dificultando. No meu caso minha escola e meus pais me apoiam muito e como eu gosto muito do que faço acabo não percebendo as dificuldades. Então para mim ser artista não tem muitas dificuldades, somente o sacrifício da dupla jornada de especialização de artista com a vida de estudante e social.

Rafa: A maior dificuldade é o ator conseguir chegar na emoção certa isso tudo depende de treino dedicação e horas de estudo e para chegar nessa fase depende de muito treino.

Levando em conta a idade de vocês, rola alguma preparação para alguns personagens mais fortes, dependendo da cena?

Xande: Os Dependendo do personagem pode ser difícil até para um ator veterano, o importante é a preparação, quando estudamos vamos entendendo o universo que iremos representar.

Mari: Quando o personagem é difícil, nós precisamos de um pouco mais de preparação e as vezes de um coach. Com esforço que a gente sempre consegue chegar aonde quer. Como se diz ensaio em francês, é “repeticion”. Repito e repeti até ficar perfeito.

Rafa: Sim, para todo personagem é necessário um estudo para entendê-lo, também aprendemos a usar técnicas e vamos criando até que ele consiga aparecer em nós e tem que ser verdadeiro.

Como estão sendo o dia-a-dia na produção da peça?

Xande: Temos todos um bom relacionamento.

Mari: Tudo se resume na hashtag que nós criamos: #famíliavamp.  O elenco todo vive em família. Nós nos damos super bem.

Rafa: Sim, o meu dia-a-dia na peça está sendo muito incrível é muita animação as pessoas estão sempre interagindo. O elenco é muito unido.

O que vocês acham que o público pode esperar nessa nova peça?

Xande: Estamos fazendo tudo com muito amor para vocês.

Mari: Eu acho que a Vamp é uma peça muito engraçada e bonita. É uma peça para todas as idades e acho também que o público está gostando muito. Desde as cenas, músicas, danças, o cenário e figurino. Está tudo muito lindo.

Rafa: Essa é uma peça que foi feita com muito carinho e preocupação e é para toda a família o elenco está muito entrosado e promete um grande espetáculo.

Hoje em dia, muitas pessoas que sonham com a vida de ator, às vezes são desencorajadas por quem não acredita. O que vocês podem dizer sobre essa situação? Já aconteceram com vocês?

Xande: Antes de passar no teste da Malhação em 2012, fiz muitos testes para comerciais e nunca passava, mas sempre queria ir de novo, isso foi muito bom, porque uma hora eu consegui.

Mari: Como disse anteriormente essa é uma das dificuldades dessa profissão. Algumas pessoas não entendem que para ser artista o profissional precisa começar cedo. Igualmente como o atleta. Gosto muito de usar o exemplo das meninas que praticam ginastica olímpica. É uma profissão que começa cedo e acaba cedo. Elas se dedicam muito desde muito pequenas. Temos até exemplos no “Vamp”, que tem duas grandes artistas que começaram bem pequenas. O artista, sobretudo  de musical, precisa ter três fortes habilidades desenvolvidas desde cedo: canto, dança e interpretação. Ser artista é bem diferente das outras profissões que só se tem o real contato com a profissão após a formação. Mas, mesmo com essa dificuldade acho que as pessoas que passam por isso devem acreditar nelas mesmas, seguirem em frente firmes, fortes e sempre treinando muito. Eu dei muita sorte, porque minha família e minha escola me apoiam muito.

Rafa: Penso que sempre devem seguir em frente, nunca desistir, estudar muito e ter a coragem de ir em busca dos seus sonhos.

Qual é a maior diferença em atuar na televisão e no teatro?

Xande: No teatro cada apresentação contamos a mesma história, mas o público não reage sempre da mesma forma, estamos ali ao vivo, se errar temos que seguir em frente. Na TV, não sabemos ao certo que rumo a história vai tomar, mas quando erramos podemos fazer de novo.

Mari: Para mim a diferença entre TV e teatro é que no teatro você tem que fazer os gestos maiores. Além disso, temos que falar um pouquinho mais alto. Na TV, você tem que fazer o oposto. Temos que fazer tudo menor e falar mais baixo do que no teatro. A técnica é uma pouco diferenciada sim.

Rafa: As técnicas do teatro não são muito diferentes das técnicas da TV.  Na televisão você grava várias vezes até ficar bom, pode errar o texto sem problemas porque pode refazer, já no teatro é na hora, ao vivo, se errar, tem que improvisar. A reação é naquele momento, tem que estar sempre em sintonia com o parceiro e com a plateia.

Vocês já se conheciam ou haviam trabalhado juntos antes em outros projetos? Como é a amizade de vocês dentro e fora do trabalho?

Xande: Não conhecia nenhuma das crianças. Já trabalhei com a Claudia na novela “Joia Rara”, éramos mãe e filho. Gosto muito dela, sempre me tratou com o maior carinho.

Mari: Eu nunca havia trabalhado com eles. Esse é o primeiro trabalho nosso junto. Nossa amizade é muito boa dentro e fora do espetáculo. Nós nos divertimos muito durante os espetáculos, ensaios e fora do teatro.

Rafa: Não, nos conhecemos nos bastidores e nossa relação se tornou uma grande amizade. Sempre que possível saímos juntos.

Para finalizarmos, se vocês pudessem deixar uma mensagem aqui de vocês nesse momento para seus fãs. O que gostariam de dizer?

Xande: Nunca desistam dos seus sonhos! E venham assistir “Vamp – O Musical”.

Mari: Eu gostaria e agradecer muito o carinho, apoio e mensagens lindas de todos os meus fãs. É muito importante para mim ter pessoas como eles na minha vida. Adoro meus fãs. Não sei o que seria sem eles (risos). Minha mensagem seria que eu nunca vou esquecer o carinho deles e sempre vou responder todas as mensagens lindas que recebo.

Rafa: Que nunca abandone seus sonhos. E procurem ser sempre muito felizes.

Recomendamos:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.