Registro POP

“Sua Cara”, de Anitta e Pabllo Vittar, ganha versão psicodélica

Anitta e Plabllo Vittar em clipe de "Sua Cara"

Foi de Mato Grosso do Sul que saiu uma versão um tanto quanto inusitada de “Sua Cara”, parceria de Major Lazer, Anitta e Pabllo Vittar. Como estratégia de lanchamento do primeiro album, a banda Codinome Winchester deixou o glamuor das dunas do deserto do Saara e usou a reflexão como cenário.

A releitura contou com imagens lo-fi, efeitos retrô e, claro, muitos riffs. Os integrantes Fillipe Saldanha (vocal), Arthur Maximilliano (guitarra e teremim), Guilherme Napa (bateria), Luciano Armstrong (guitarra, backing vocal e sintetizador) e Thiago Souto (baixo) se uniram a músicos, produtores e videomakers de Campo Grande. O resultado foi uma verdadeira força-tarefa que começou no Estúdio Sal (do vocalista Fillipe Saldanha), passou pelo Estúdio 45 e terminou na produtora Vaca Azul, com Helton Pérez assinando a direção do clipe.

“Pensamos realmente em extravasar insanidade e loucura com muito respeito, claramente. Nenhum estilo é melhor que o outro, há excelentes músicos envolvidos nas duas canções, tínhamos que deixar elas com nossa identidade – não há escapatória, curtimos isso. Com certeza, essa forma de pensar reflete nas nossas canções, cujas estruturas podemos utilizar a extravagância e o máximo de criatividade possível com muito respeito ao conceito da música, com sentimento. É o momento de arriscar”, avaliou o guitarrista Arthur.

Confira:

 

Codinome Winchester se destacou no cenário efervescente do Mato Grosso do Sul e ganhou projeção em nível nacional. Eles chegaram a dividir o palco com nomes como Far From Alaska, Supercombo e Vanguart. Agora, já está em fase de mixagem o disco que vem para sedimentar a sonoridade calcada no alternativo sem abrir mão de referências de décadas passadas.

“O CD é uma reunião de diversos sentimentos nossos. Paralelamente a isso, estamos terminando o conceito visual do disco e nome dele. A pré-venda foi o método necessário para completar a alma do CD tanto financeiramente como em consistência, visto que, em âmbito independente, a grande dificuldade é arcar com a parte monetária. Ao utilizar o financiamento coletivo, recebemos ajuda nessa parte e o nosso público deixa um pouco da alma dele no projeto do disco. É algo metafísico de uma certa forma”, contou Arthur.

O novo trabalho da Codinome Winchester ainda não tem data de outros detalhes anunciados.

Integrantes da banda Codinome Winchester
Recomendamos:

Comentário(s)

Curta-nos:

Siga-nos:

Siga-nos: