Repórter da Globo, Nathália Dielu quase morre durante assalto

. Na imagem, o logo da Globo (Crédito: Reprodução)

A repórter Nathália Dielu foi assaltada no último domingo, 08, e viu sua vida por um fio. Ela, que trabalha na Globo Nordeste, contou que quatro homens a abordaram e levaram seus documentos, dinheiro e o carro. Com uma arma de fogo, eles fizeram três disparos contra sua cabeça, mas o armamento acabou não funcionando em nenhuma das tentativas. O fato aconteceu na Estrada dos Remédios, na Zona Oeste de Refice.

Passado o susto, ela usou sua rede social para detalhar o momento de terror. “Nem todo mundo um dia poderá (e muitos menos deverá) sentir a proporção do terror psicológico e do trauma de um assalto. Muito menos, de ser mulher num assalto com quatro homens drogados e descompensados. Ser mulher é difícil. É bom, incrível, radiante, mas é difícil. Ainda mais em situações extremas como a que vivi ontem. Tive medo de ser levada, de ser abusada. Mas uma força que eu prefiro chamar de Deus (que eu sinto, celebro, agradeço) interferiu. Das mensagens que recebi, senti energias tantas”, desabafou e agradeceu.

Na imagem, Nathália Dielu (Crédito: Reprodução)

“Deus me guardou, me amparou. Entendi o recado: tenho muito a fazer nessa vida ainda. Estou agradecida, ao mesmo tempo que sinto o corpo arrasado. Mas no fim, tá tudo bem. Tou viva. Viva!”, escreveu a jornalista.

Nathália Dielu é repórter esportiva da Globo Nordeste desde 2014. Ela veio de uma emissora em Petrolina, interior de Pernambuco, também no ramo esportivo.

Deixe um comentário