Record TV quer readequar a programação para aumentar o “Cidade Alerta”

A Record TV está chamando de ‘ajuste’ o que ela fará entre o fim deste ano e o começo do próximo na programação. A direção estuda as melhores possibilidades para dar ainda mais duração ao “Cidade Alerta”, que desde sempre serviu como pilar importante e indispensável para alavancar a audiência que segue durante toda a faixa noturna, além de influência na média/dia.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, isso deverá acontecer já a partir do fim de “O Rico e Lázaro”, que entra em sua reta final a partir de novembro. Ainda não é possível dizer o que mudará e em qual proporção isso irá acontecer, mas é certo que sua redução, feita há algum tempo, foi uma conta negativa que a emissora não quer continuar repetindo nos próximos tempos, principalmente quando a briga com o SBT se mostra muito acirrada na questão de audiência.

Na faixa da tarde, ocupada por reprises, ainda é possível dizer que a Record TV pensa na criação de um programa que pode anteceder o “Cidade Alerta” na programação. Na falta de estoque de novelas para colocar no ar, criar uma atração se tornou a possibilidade única e solução para este problema, que não deverá demorar para surgir nas reuniões da direção.

Além disso, também foi falado que a estrutura do “Cidade Alerta” será outra. A emissora busca a melhor forma de dar ao noticiário policial a cara de Luiz Bacci, que assumiu o programa como âncora titular em setembro deste ano. Essas mudanças começaram já este mês com a saída de repórteres conhecidos do público. No cenário, peças que fizeram sucesso também foram retiradas com a chegada de Bacci.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.