Mileide Mihaile e Thyane Dantas discutem por causa de Yhudy

Depois de briga por conta de pensão, o casal ainda parece ter dificuldades no que diz respeito na criação do pequeno

Após se engalfinharem publicamente em uma briga envolvendo a pensão de YhudyWesley SafadãoMileide Mihaile e Thyane Dantas ainda não estão em paz. Neste domingo, 9, diversos vídeos de uma conversa entre as duas mulheres circularam na web.

A briga começou quando Mileide ligou para o filho, Yhudy, mas quem atendeu o celular do garoto foi Thyane, atual esposa do cantor.  Imediatamente, a ex-esposa do artista se irritou com ela. “Você deve estar muito, muito segura do que você está fazendo, não é mesmo?”, perguntou. “Você não tem o que fazer, não? Não tem uma vida para cuidar, não?”, questionou.

Então a influencer demonstrou o motivo de estar chateada. “Quem você pensa que é para mandar deixar de volta as coisas do meu filho?”, reclamou, pois a madrasta do garoto teria mandado de volta a bolsa preparada pela mãe para ele passar o final de semana na casa do pai.

“Você não entendeu ainda que ele é meu filho, e você não é nada dele? Nada? Você é um nada”, enfatizou. E ainda finalizou a ligação com uma provocação: “Você tinha que agradecer por eu não querer esse macho [Wesley] na minha cama. Você devia me agradecer, e você ainda está mexendo com meu filho”, disse.

DEFESA

A assessoria de Safadão lançou um comunicado oficial em defesa de Thyane, explicando que ela somente atendeu a ligação à pedido de Mileide. A mochila, pivô desta nova polêmica, foi devolvida com os eletrônicos – tablet e celular – do garoto, pois ele tem os mesmos objetos na casa do pai, porém com uso supervisionado.

Wesley Oliveira e Thyane Dantas Oliveira esclarecem sobre a ligação entre Thyane e Mileide Mihaile, repercutida na noite de ontem pela imprensa e perfis de Instagram. Para contextualizar o diálogo, o casal explica que Thyane atendeu a ligação a pedido da própria Mileide. A ligação entre as duas aconteceu há cerca de um mês e o assunto seria a devolução de celular e tablet levados pela criança para a casa do pai. A família reforça que, desde janeiro, Yhudy tem, na casa do pai, um celular à disposição para que possa falar com a mãe sempre que quiser. Além disso, seguindo a orientação da psicóloga, Yhudy possui na casa do pai tudo que tem na casa da mãe, inclusive eletrônicos. ‘Não queremos Yhudy com um celular com acesso à internet e o uso do tablet sem supervisão, por isso ser incompatível com sua idade, motivo pelo qual preferimos que, quando estiver sob nossa responsabilidade, ele utilize um telefone do qual possamos ter controle’, afirma Wesley. Sobre o vídeo que foi feito da conversa, a família explica que o fez para se resguardar do conteúdo que seria abordado, dados os fatos já ocorridos, em que houve inúmeras distorções da verdade. Wesley reitera que as medidas tomadas são sempre visando o bem-estar de Yhudy, todas previamente informadas à mãe. Além disso, ressalta que Yhudy tem uma convivência harmoniosa com sua família e que é muito amado e cuidado por todos. A família Oliveira zela a importância de uma convivência saudável e preza por isso“, dizia a nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.