Justin Bieber é processado por racismo

O cantor canadense Justin Bieber foi acusado de racismo, segundo o Page Six deste sábado (9). Rodney Cannon abriu um processo judicial em Los Angeles contra o cantor que em 2016 teria proferido epíteto racial contra ele durante uma Cleveland, durante a final da NBA.

Rodney Cannon afirma que durante uma briga com Justin Bieber, o cantor “de repente ficou irado” com uma fotografia que foi tirada dele e exigiu que ela fosse apagada imediatamente. Cannon diz que, além de ameaçar prejudicá-lo, Justin fez “ameaças em público na frente de várias pessoas, incluindo epítetos raciais“.

Cannon também afirma que ele conseguiu escapar do cantor de, mas depois foi “atingido na parte de trás da cabeça”, o que o levou a perder rapidamente a consciência. A luta fez com que Cannonsofresse ferimentos em seu rosto, cabeça e costas“, o que causou “grande dor e sofrimento mental, físico e nervoso“, segundo o processo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.