Registro POP

Justiça deve congelar herança de Marcelo Rezende até 2020

Marcelo Rezende no estúdio do "Cidade Alerta" - (Foto: Edu Moraes/Record TV)

Morto em 16 de setembro, Marcelo Rezende deixou uma herança singela para seus herdeiros. Eles terão que esperar até meados de 2020 para ver quanto cada um levará do total de bens avaliados em R$ 12 milhões, segundo o jornalista Ricardo Feltrin.

Nada exorbitante comparado ao salário de seis dígitos que recebeu nos últimos anos, a herança de Marcelo só será discutida daqui três anos por conta da idade de sua filha caçula, Valentina. A Justiça quer esperar até que todos os herdeiros tenham pelo menos 18 anos, o que não acontece com esta última: Valentina tem 15.

A Justiça entendeu que deverá fazer uma análise cuidadosa sobre a partilha de bens, já que os outros filhos do jornalista, bem mais velhos que Valentina, receberam generosos valores e propriedades do pai enquanto ele estava vivo. A sentença definitiva só acontecerá se todos os herdeiros estiverem em harmonia sobre o que for falado.

Em tese, os cinco filhos de Rezende, frutos dos relacionamentos com cinco mulheres diferentes, têm direitos sobre o que foi deixado por ele. Suas ex-companheiras também podem reivindicar parte dos bens, assim como Luciana Lacerda, sua última namorada.

A família teme que ela seja o fator desarmonia que alongue ainda mais o processo na Justiça. Se não for para ela, Lu poderá brigar para que sua filha, querida e tida como filha por Rezende, leve algo dos R$ 12 milhões acumulados por Marcelo Rezende. Ela ainda não se manifestou se de fato brigará por isso.

Segundo algumas informações, o jornalista já havia presenteado a namorada com um carro importado e celular de última geração. São coisas que a família pode contestar, e novamente, a decisão final será da Justiça.

Marcelo Rezende morreu, aos 65 anos, vítima de câncer no pâncreas.

Recomendamos:

Comentário(s)

Curta-nos:

Siga-nos:

Siga-nos: