Celebridades, televisão, cinema, música e mais

Emissoras de TV se unem ao Netflix para contrapor regras de operadoras da TV paga

As emissoras com participação na Simba estão anunciando que vão se juntar ao Netflix em breve para que ganhem com a disponibilização de conteúdos próprios no catálogo do serviço de streaming no Brasil. O objetivo é se contrapor as regras de operadoras da TV por assinatura, que não pagam SBT, Record e RedeTV! por seus sinais em HD disponíveis em pacotes ofertados pelas empresas. Informações do colunista Ricardo Feltrin.

Caso isso seja confirmado, os três canais com participações na Simba vão poder ganhar remuneração do Netflix a partir do momento que produzirem novelas, produtos jornalísticos, materiais especiais e linha de shows, entre outros, para assinantes da plataforma online de séries e filmes, além de outros produtos.

O acordo não vai incluir os filmes estrangeiros que as emissoras detêm direitos de exibição, tampouco os realities shows que os direitos de produção pertencem a terceiros.

O Netflix ganhando esse reforço de três importantes canais de TV do Brasil é mais uma vitória em cima das operadoras da TV por assinatura. Já foram várias tentativas legais, de união ao governo federal, para que o serviço seja tributado, já que, segundo as empresas, o Netflix ocupa banda larga demais com streamings de filmes e seriados e não desembolsa nenhum valor para bancar isso.

A criação da pessoa jurídica chamada Simba também foi uma guerra contra as operadoras. Elas tentaram de várias formas barrar a assinatura que criou a empresa, mas não obtiveram êxito na batalha.

Recomendamos:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.