Registro POP

Após acusar Lula de forjar ataque, Justiça ordena que Danilo Gentili se explique

Na foto, Danilo Gentili - (Crédito: Reprodução)

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o apresentador Danilo Gentili se explique formalmente sobre a acusação que ele fez em julho de 2015, quando disse que o ex-presidente Lula teria forjado um ataque à bomba. A informação foi divulgada em nota pela Instituto Lula nessa sexta-feira, 24.

O caso em questão é referente a bomba que foi arremessada na entrada do instituto. Na época, Gentili usou seu Twitter e acusou o político do PT de ser o autor do crime para sair de vítima.

“No dia seguinte ao fato, Gentili publicou a frase acusatória em questão em sua conta no Twitter. Os advogados de Lula, então, ingressaram na Justiça com o chamado ‘pedido de explicações’, que é uma medida jurídica que antecede um processo penal por calúnia ou difamação”, explica a nota.

Acusações à parte, a autoria do atentado segue sendo investigada pela polícia.

Nós do Registro POP procuramos a assessoria de imprensa do SBT, que preferiu não se pronunciar sobre o assunto por se tratar de uma questão pessoal do artista.

Recomendamos:

Comentário(s)

Curta-nos:

Siga-nos:

Siga-nos: